quinta-feira, dezembro 02, 2010

Um ano depois

Há um ano tinha uma das noites mais terríveis que me lembro. Porque duas pessoas que amo muito estavam a sofrer demais. Foi uma fase muito difícil. E naquela noite fria eu só queria poder aquecer o coração das duas e dizer-lhes que ia passar.
Um ano depois, não passou. O que vivemos é nosso. Jamais passará. Mas conseguiram superar aquilo que à partida parecia impossível. E estou muito orgulhosa. Porque tenha uma irmã e uma amiga fantásticas. Um beijinho para cada uma. Sentido. Carregadinho de amor. Vocês merecem sorrir.

Etiquetas:

2 Comments:

At 3/12/10 00:38, Blogger Vera Angélico said...

Bolas, que eu sou lamechas!!! É incrível perceber que já passou um ano... e que (felizmente), tanta coisa mudou!

É incrível perceber que afinal foi superável, apesar das feridas que continuam abertas. Que provavelmente vão permanecer para a vida, por muito que o tempo passe...

Eu sei o que me segurou. Sei que foram vocês. Sei que é convosco que tenho uma dívida eterna. Sei que precisei (e continuo a precisar) do vosso apoio e amor incondicionais e inquestionáveis. Sei o que valeram há um ano. E embora nunca tivesse precisado de provas... dizer o quê?

Lucky me... que tenho a melhor família do mundo. E estou bem rodeada de amigos. Pessoas que me querem bem...

(Um agradecimento profundo de mana mais nova vaidosa, que sou. Um desejo ainda mais profundo de que nada me volte a quebrar daquela maneira, a bem da vossa sanidade mental. Uma vontade expressa de estar sempre por vocês, como sempre estiveram por mim. Porque às vezes o amor não se explica, só se sente...)

Beijos.

 
At 3/12/10 23:09, Blogger ianita said...

A amizade não se explica nem agradece. Vive-se.

Obrigada por a viveres comigo.

Muito obrigada mesmo.

 

Enviar um comentário

<< Home